2, dez 2011

Postado por em Contos, Enciclopédia |

História do Skyrim

O conteúdo deste post foi retirado do site GameVício, produzido pelo usuário XxXDarkAllNightXxX. Confira aqui a versão original.

Também conhecida como Old Kingdom (Antigo Reino) ou Fatherland (Terra Pai, ou algo assim), é o lar dos Nords e o “Palco” para The Elder Scrolls V: Skyrim.

Foi a primeira região de Tamriel a ser povoada por Humanos, que migraram para lá da terra de Atmora ao distante norte, cruzando o Sea Of Ghosts (Mar de Fantasmas). Não existe informação no jogo sobre Atmora, pois nada foi escrito em linguagem conhecida pelo povo antes da Great Migration (Grande Migração em português). A data dessa migração é desconhecida, apesar de ter ocorrido antes da total proliferação da civilização Élfica.

De acordo com a lenda,Ysgramor (Primeiro humano comandante de Skyrim) desembarcou primeiro em Hsaarik Head (Cabeça de Hsaarik), na extrema ponta norte da Broken Cape de Skyrim.
Foi dito que ele e seus companheiros estavam fugindo da guerra civil em Atmora, que no tempo, tinha uma enorme população. Eles nomearam a terra de Mereth, depois que muitos elfos desbravaram as florestas virgens de Tamriel.

Noite das Lágrimas

Durante muito tempo, relações entre os Falmer Elves (Elfos Falmer: Raça perdida de Elfos das neves) e o Homem eram relativamente pacíficas. No entanto, os Falmer Elves viram que os Nords, com sua expectativa de vida muito mais curta, taxas de maturação fisica e ciclos de reprodução mais rápidos, iriam eventualmente ultrapassá-los se não fossem controlados.
No tempo, o Homem era visto pelos Falmers como um ser primitivo e que se assemelhava com os animais, e era visto com pouca remissão moral para parar a proliferação de uma espécie potencialmente desastrosa e invasiva que iria desestabilizar o ecossistema Tamriélico (Tamrielic Ecosystem).

(Para os que não intenderam essa ultima parte como eu, o que foi dito é que, os elfos das neves não viam os humanos como uma espécie perigosa ao ecossistema, e por isso, não nos impediram de proliferar).

Assim, pogroms Elficos devastaram a cidade de Saarthal (Capital do primeiro império dos Nords criada por Ysgramor),no que ficou conhecido como Night Of Tears (Noite Das Lágrimas).
Somente Ysgramor e seus dois filhos escaparam para Atmora, e, vendo a tenuosa paz que se desenvolveu entre as várias facções, reconheceu a oportunidade de tornar seus apuros em uma força unida com a raça humana.

E em poucos anos,Ysgramor retornou a Skyrim com um exército conhecido como os Five Hundred Companions (Os Quinhentos Companheiros), composta por heróis da Atmoran Civil War (Guerra Civil de Atmora), que, sem muita resistência, expulsaram os Falmer para fora, e, foram transformados em Cavaleiros nas fundações do First Empire (Primeiro Império).

Os Elfos Falmer persistiram nas bordas (ou fronteiras) de Skyrim até o reinado do Thirteenth of the Ysgramor Dynasty (Décimo Terceiro Rei da dinastia Ysgramor), King Harald (Rei Harald), no começo da First Era (Primeira Era).
King Harald foi o primeiro a abrir mão das explorações em Atmora, (até aquele tempo, os Nords de Atmora e de Skyrim eram considerados do mesmo grupo), proclamando que o povo de Skyrim era um povo independente. Todos os humanos de Tamriel são descendentes desses Nords, apesar de algumas linhagens sanguíneas serem mais finas.

Vrage the Gifted (Vrage, o talentoso, foi o rei da primeira era dos Nords), começou a expansão que eventualmente iria levar ao primeiro império do Homem. Com quinze anos de seu reinado, os Nords comandaram toda Skyrim, e também, algumas partes de High Rock, Cyrodiil, e as terras Dunmer de Morrowind.
A aquisição de Morrowind foi particularmente sanguinária, mas relembrada em Morrowind nos dias de hoje.(O propósito da formação do Chimer-Dwemer kingdom of Resdayn, Reino de Chimer-Dwemer de Resdayn, foi para expulsar os Nords).

Este post é um artigo colaborativo, escrito por MicaelSK8.
Por favor, se você gostou do post, incentive o autor com votos positivos, mas se o julgar inadequado, deixe um comentário que o moderador irá analisar o caso.
  1. A história ficou show mais como os dragões desapareceram????e quem eram os dragon priests???

  2. XxXDarkAllNightXxX says:

    …LoL?Nunca me falaram que meu Guia foi parar em um site…Mas blz.

    E Guilherme…apesar de ter feito a pergunta a 1 ano atrás,eu respondo..Os dragões foram mortos por outros guerreiros a uns 300 anos antes no jogo,e só não voltavam a vida pois Alduin já tinha ido em bora.
    Os Dragon Priets são magos muito poderosos que usam máscaras que os concedem grande poder.

  3. mas eu nao entendi porque nos aparece na historia . e no que a historia se encaixa no meu personagem do jogo o Khajiit

  4. Estou jogando o jogo em portugues e estou achando o jogo muito a fude e a história dele tbm é muito fodastica!

  5. mrs.mattos says:

    nossa muito bom msm a historia amigo vc ta d paarabens. eu tbm escrevohistorias qm sabe agente n se junta um dia pra criar

    uma neh kkkkkkk parabens mano abraco a todos os jogadores

  6. Essa historia se passa no primórdio do jogo né? tipo no elder scroll 1?

    • Então, cara. O The Elder Scrolls I acontece já na 3 era de Tamriel. Já é muito tempo depois da chegada de Ysgramor, da morte de Tiber Septim, da extinção dos Dwemer.

  7. Agnes Knightwalker says:

    A história está bem resumida, mas ficou muito boa *.*
    Seria bom uma história completa de The Elder Scroll, contado que esta saga é muito épica!
    Acho que jogo Skyrim somente por causa da história, pois não acho a jogabilidade das melhores, porém isto vem de cada um. :)
    Obrigada por permitir este acesso á história de Skyrim em português! hehe xD

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>